15
ago

Vice de Olho D’Água das Cunhãs assume, exonera secretários e o 2º escalão

No primeiro dia no cargo, Viliane Costa também anulou o Concurso Público realizado pelo prefeito afastado Rodrigo Oliveira.

Viliane Costa tomou posse na terça (13) e quarta (14) já tratou de mandar para a rua todos os aliados do prefeito Rodrigo…

A vice-prefeita de Olho D’Água das Cunhãs, Viliane Nunes Oliveira da Costa (PL), assim que tomou posse no comando do município – na noite da última terça-feira (13) –  tratou logo de mostrar seu estilo de governar.

A nova gestora está ciente que será difícil o prefeito Rodrigo Araujo de Oliveira (PDT) retornar ao cargo, vez que foi afastado em decorrência do julgamento unânime de uma Ação de Improbidade Administrativa por parte da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão, com a manifestação favorável da Procuradoria Geral de Justiça.

Com o poder da caneta, Viliane tratou de assinar nesta quarta-feira (14) a Portaria nº 644/2019 (cópia abaixo) que exonera todos os Secretários Municipais, bem como, o Chefe de Gabinete e o Procurador Geral do Município.

Além desses, outra Portaria de número 647/2019 (cópia abaixo) também demite os cargos de segundo escalão, como adjuntos, coordenadores e chefe de departamentos.

Para completar, a vice em exercício ainda assinou um Decreto que anula o Concurso Público Municipal realizado em 2018 pelo prefeito afastado por determinação do TJ-MA.

As ações de Viliane deixam claro que ela e seu marido, o líder político Zeziquinho, estão definitivamente rompidos com Rodrigo Oliveira, que agora luta na esfera judicial para retornar ao cargo.

– E MAIS

O que culminou no afastamento do prefeito foi uma Ação do ano de 2017 na qual o Ministério Público investigou atos de improbidade referente à contratação de empresa para limpeza pública que pode ter resultado em prejuízo superior a 500 mil de reais dos cofres municipais.

Naquele ano, em outubro, o juiz Galtieri Mendes de Arruda, titular da Vara Única de Olho d´Água das Cunhãs, determinou o afastamento do prefeito Rodrigo a pedido do MP-MA.

Na ação do MP, além de outras irregularidades, o órgão ministerial relata que a empresa supostamente funcionaria em Balsas, contudo, sua sede empresarial estaria localizada em apenas um quarto residencial. Além disso, a Construtora SG Ltda não possuía nenhum funcionário, equipamentos ou veículos.

O prefeito recorreu da decisão e retomou ao cargo. Porém, em outubro de 2018, a 2ª Câmara Criminal TJ-MA acatou nova denúncia do MP e Rodrigo Oliveira foi novamente afastado, mas conseguiu voltar ao comando da prefeitura pela segunda vez por meio de outra decisão judicial.

Isso, até a última terça-feira (13), quando foi novamente afastado, desta vez pela 3ª Câmara Criminal TJ-MA…

2 Comentários

  1. junior disse:

    Tá certo, afinal ela agora é a prefeita, e tem que montar sua equipe de governo.

  2. Patrik Anderson disse:

    Prefeita bandida, pilantra.
    Anula um concurso com mais 300 candidatos aprovados. Sem nem olhar pra trás . Visando benefício próprio. Pra segurar contratado, cabine de emprego.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade