11
jun

Após fraudar eleição, Dep. Edson Araújo manda prorrogar mandato de aliada em Raposa

Essa é a terceira vez que o parlamentar inventa “Junta Governativa” para manter Andréa no comando da Colônia de Pescadores.

Andrea está um ano e meio no comando da Z-53 por força de “Junta Governativa” ofertada por Edson Araújo…

O deputado estadual Edson Araújo (PSB), na condição de presidente irregular da Federação das Colônias de Pescadores do Estado do Maranhão (FECOPEMA), reconduziu pela terceira vez consecutiva Andréa Sayre Gonçalves Coutinho para presidir o que ele chama de Junta Governativa na Colônia de Pescadores (Z-53) do município de Raposa.

Documentos obtidos com exclusividade pelo Blog do Domingos Costa revelam que no dia 25 de abril deste ano foi registrado no Cartório Cantuária de Azevedo em São Luís a ata de nomeação de Andrea e mais duas pessoas, Marciano Oliveira dos Santos, Liane Chaves Araújo, para continuar no comando da entidade pesqueira raposense.

Dessa vez, o parlamentar estendeu o mandato de sua aliada política no período de 09 de março de 2019 a 09 de setembro deste ano. Com essa, soma-se a mais duas Juntas Governativas inventada por Edson Araújo e “sua turma” em favor dos seus aliados em Raposa.

Cada intervenção tem duração de seis meses. A primeira Junta Governativa inventada pela Fecopema aconteceu de 08 de março de 2018 a 08 de setembro de 2018; A segunda de 09 de setembro de 2018 a 09 de março de 2019. Isto é, um ano e meio de Junta Governativa na Colônia de Pescadores raposenses, nada menos que 18 (dezoito) meses.

– Fraude na Fecopema 

O deputado Edson Araújo está presidente da Fecopema de forma irregular, seu mandato acabou em agosto de 2018, e desde então, não houve eleição para que ele pudesse renovar seu poder na entidade.

Mesmo sem realizar processo de escolha da nova diretoria da Federação, o parlamentar de forma fraudulenta registrou uma Ata de Assembleia Geral Ordinária alegando que foi reeleito presidente no dia 29 de maio de 2018. Mas a eleição é fantasma! Nunca aconteceu no horário e local descrito nos registros feito em cartório.

O caso foi também denunciado pelo Blog do DC (LEMBRE).

– Andrea inelegível

O caso de Edson na Fecopema é tão irregular quanto o de Andrea na Raposa. Ela não poderia ter sido escolhida pela Federação para mais um mandato à frente da Z-53, vez que uma decisão judicial a impede de continuar no comando da Colônia. A determinação é do Juiz Gilmar de Jesus Everton Vale, datada do dia 07 de março.

O Juiz suspendeu a eleição da Colônia de Pescadores do Município exatamente por irregularidades na gestão de Andréa Coutinho, que já exerceu outros dois mandatos seguidos na entidade. O primeiro, acredite, também foi por meio de uma “junta governativa” da FECOPEMA, em agosto de 2014, quando Edberto Oliveira foi afastado da presidência.

De acordo com o Juiz Gilmar, a escolhida pela Federação não respeitou o prazo para realização da eleição da Colônia e, ainda, tornou-se inelegível por pendências numa prestação de contas no montante de R$ 100.000,00 (cem mil reais), repassados pelo Município de Raposa através de um Convênio para realização da Festa do Pescador, em junho de 2015, ainda na gestão do prefeito Clodomir de Oliveira.

– ABAIXO O DOCUMENTO QUE RENOVA PARA MAIS SEIS MESES A JUNTA GOVERNATIVA EM RAPOSA.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade