10
jun

Com 3 condenações no CNJ, juiz maranhense recebeu em 6 meses quase R$ 200 mil

Juiz maranhense Abrahão Lincoln Sauáia…

Matéria publicada pelo jornal O Estado de São Paulo revelou que juízes punidos com aposentadoria por venda de sentença e desvios receberam R$ 10 milhões em seis meses.

Entre 2008 e 2018, 47 magistrados (juízes, desembargadores e até um ministro do Superior Tribunal de Justiça), foram aposentados compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por venda de sentença, desvio de recurso, tráfico de influência, conduta negligente e outras faltas disciplinares.

Eles perderam os cargos, mas mantiveram os salários ajustados ao tempo de serviço.

Na lista de aposentados compulsoriamente pelo CNJ, o matutino paulista destaca as três punições do juiz maranhense Abrahão Lincoln Sauáia, que foi considerado culpado em um procedimento (2013) que apurava por negligência em um pedido de indenização e outros dois (2011) por omissão e parcialidade no julgamento de processos contra empresas de grande porte.

Em seis meses, Sauiáia recebeu um rendimento bruto de R$ 198,6 mil. O maior valor foi depositado em janeiro, R$ 34,5 mil.

Leia a matéria completa Aqui

1 Comentário

  1. junior disse:

    Isso é uma vergonha, um trabalhador comum quando comete irregularidades é demitido por justa causa e até preso, dependendo da gravidade do desvio cometido, enquanto no judiciário a punição para os juízes é uma aposentaria de mais de 30 mil reais.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade